Fotografia e a busca pelo sentido da vida

por | jan 14, 2020 | Dicas de Fotografia, Fotografia

Qual o significado da vida?

Essa é uma pergunta que aparentemente não tem relação nenhuma com fotografia e que aliás é uma pergunta que já foi feita infinitas vezes desde que a vida consciente começou neste planeta. Eu gosto muito de pensar em minha vida e em refletir sobre o que é que eu estou fazendo dela.

No entanto, neste artigo eu quero falar um pouco sobre como a fotografia pode nos ajudar a enxergar sentido em nossas vidas, que é basicamente o desafio colocado diante de todos nós humanos, e algo que todos nós vamos pensar a respeito de forma diferente. Sendo assim, hoje quero falar sobre como a fotografia pode ajudá-lo a descobrir exatamente por que você está aqui, onde suas paixões estão se escondendo… e como a fotografia pode ser aquela faísca que vai lhe ajudar a definir qual o sentido da sua vida.

Claro, há também a teoria de que a procura por um significado de vida, já é a própria resposta que estamos procurando, então não se preocupe, porque simplesmente buscando sentido, você está fazendo algo incrivelmente significativo.

1. SIGA SEU CORAÇÃO

Algumas pessoas acham que o significado da vida é ter uma carreira, se casar e constituir uma família. No entanto, isso não significa que todos devem fazer isso de suas vidas!

Quando você está vivendo uma vida que é ditada por padrões estabelecidos por outras pessoas, fica difícil encontrar o propósito de sua própria vida. As crianças são muitas vezes educadas para seguirem certos padrões profissionais e pessoais. Por exemplo, seus pais querem que eles se tornem médicos ou advogados, mas à medida que crescem, eles têm um forte desejo de fazer outra coisa. Muitas dessas crianças ignoram seus próprios desejos porque as regras ditam que não podem ter o que querem.

Se isso soa comum para você, então é hora de abandonar as regras e começar a viver a vida que você sempre quis viver. Por que você vai querer viver a vida que outra pessoa desejou para você? Só vai servir para você se arrepender no final. Uma vez que você percebe que ninguém tem que viver por trás de um conjunto de regras e que todos são únicos em seus desejos, então você será capaz de encontrar melhor o sentido da sua vida e para onde está indo.

E como a fotografia se encaixa nesse ponto? Ao longe da minha carreira como professora de artes, eu tive muitos alunos infelizes em suas carreiras, em suas vidas. Conheci muitas pessoas insatisfeitas com suas carreiras por seguirem um caminho que foi imposto por terceiros e não o caminho do seu coração, sabe? E conforme assumiram suas paixões pela arte e pela fotografia, se livraram de um peso grande em suas vidas. Muitos abriram seus estúdios, homeoffices ou aprimoraram um hobby… e isso trouxe uma nova perspectiva sobre suas vidas, trouxe significado, poesia… Não estou falando que você precisa abandonar sua carreira, jogar tudo para o alto e ir para o topo de uma montanha viver fotografando passarinhos, haha, mas se quiser também não tem problema, uai… Haha… mas ir atrás de suas paixões antigas e de atividades que lhe trazem felicidade e realização, como no caso aqui, a fotografia, pode mudar completamente a sua forma de enxergar e de encarar a vida.

2. SAIA DE SUA ZONA DE CONFORTO

A zona de conforto é aquele lugar em que você mora sem medo.

Medo do desconhecido, medo de fracassar ou medo de não estar no controle.

A repetição monótona contínua cria tédio e certamente não te ajuda nem um pouco a encontrar um verdadeiro significado para a sua vida. Sua zona de conforto é simplesmente uma versão menos extrema de um transtorno obsessivo compulsivo. Pessoas fortes e felizes com vidas significativas são aventureiras. O significado de sua vida obviamente não está dentro de sua zona de conforto ou você estaria muito feliz e tranquilo com a vida que está vivendo e não estaria em busca de um significado para ela, certo?

Você se aproxima cada vez mais da pessoa que gostaria de ser cada vez que ultrapassa seus medos. Não importa quão pequeno ou grande seja o passo dado. Uma vez que você dá o passo, sua zona de conforto se torna maior e a vida oferece mais oportunidades. Enfrente seus medos e cresça.

A fotografia se encaixa perfeitamente nesse ponto também, já que através da prática fotográfica precisamos sempre lidar com nossos medos e inseguranças, colocamos a nossa vida em movimento o tempo inteiro, seja durante os estudos, seja planejando uma exposição fotográfica, seja organizando o roteiro da próxima viagem, seja enfrentando o medo de manusear uma câmera fotográfica pela primeira vez…

3. ENCONTRE SUA ALEGRIA

O que te faz feliz na vida? Você gosta de viajar, de ajudar os outros, de estar com a família ou todos os itens?

Quando você sabe o que realmente faz você feliz e alegre na vida, então você vai encontrar um senso de propósito para sua vida. Você encontrará uma direção que precisa seguir para criar a vida mais significativa possível para você.

Por exemplo, se você gosta de ajudar os outros e isso faz você se sentir como se estivesse fazendo algo muito importante ao ajudar alguém, então encontre uma maneira de incorporar isso em sua vida diária. Mude de carreira e torne-se alguém que pode ajudar pessoas. A fotografia permite unir o útil ao agradável, nesse ponto, você pode trabalhar com projetos sociais incríveis e também realizar trabalhos comerciais, unindo profissão e hobby em uma mesma atividade.

Não há nada mais gratificante do que viver o seu propósito todos os dias.

4. OUÇA SUA INTUIÇÃO

Sua intuição está ligada ao seu eu interior. Não seja pego vivendo sua vida em completa superficialidade. Superficialidade não tem sentido; é de curto prazo e sem alma. Encontrar a pessoa real dentro de você não é fácil, mas definitivamente ajudará você a ver o que é realmente importante em sua vida.

A fotografia nos ajuda a enxergar a simplicidade das coisas, a olhar para os detalhes, para os sentimentos, para as coisas que realmente importam em nossas vidas. Vamos fazer um ensaio e observamos o olhar puro de uma criança, ou o olhar cândido de uma mãe que espera ansiosa pela chegada de seu filho… ou ainda nos divertimos com as lambidas e latidos engraçados de filhotinhos de cachorros durante uma sessão de fotos… a fotografia nos ensina a olhar com delicadeza para a nossa própria vida e para o que realmente importa.

5. APRECIE OS MOMENTOS INDIVIDUAIS

Não deixe o mundo superficial acelerado tomar conta de sua vida. O mundo é rápido e mantém as pessoas em suas zonas de conforto. Isso impede as pessoas de pensarem e as mantém ocupadas. Estar ocupado procurando é maravilhoso, mas não fique tão ocupado fazendo isso de forma que lhe impeça de sentir.

Os sentimentos são reais, não são rápidos e não são superficiais. Permitir-se sentir e apreciar verdadeiramente um momento da sua vida é mais um desafio do que experimentá-lo. E vamos combinar, nada melhor que sair para fotografar para sentir a vida em toda a sua essência, não é mesmo?

No final, se você quiser encontrar o significado da vida, enfrente seus medos. Descubra o que realmente faz você se sentir feliz, e siga sua intuição em todas as decisões e, mais importante, apreciar as experiências quando elas vêm e permitir que os sentimentos fluam através de você, é mágico.

Encontrar significado em sua vida não é uma coisa difícil, mas é mais difícil do que viver uma vida superficial entorpecida e rápida.

Tome a decisão de começar sua busca por significado e experimentar tudo o que esta vida tem a oferecer. Você não vai se arrepender, eu garanto.

Seria falso afirmar que a minha busca por sentido de vida chegou ao fim após a fotografia chegar em minha vida, mas posso dizer de olhos fechados que a fotografia me ajudou a encontrar mais sentido e inspiração para minha vida e o melhor, me ajuda a me sentir completa e realizada todos os dias… agora me dá licença que vou ali procurar uns gatos para fotografar ao som de Rubel… Sayonara!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Casal

O Casal

Ela é de Brasília. Ele, de Belo Horizonte. Ela tem formação artística baseada em pintura e literatura. Ele já foi criado na música e no cinema. Ela gosta de MPB. Ele gosta de Jazz. Mas foi na fotografia que ambos se encontraram.

Especialistas em docência fotográfica, colecionam 14 anos de experiência em ensino artístico. Juntos são O Casal da Foto, uma dupla inseparável, ávidos por ensinar tudo o que aprenderam ao longo de suas carreiras e transformar a forma de se lecionar e aprender fotografia.

SEMANA DA FOTOGRAFIA CRIATIVA!

Conheça as técnicas criativas usadas por mais de 2500 fotógrafos! Cadastre e Participe!

You have Successfully Subscribed!