36 dicas para Fotografia de Paisagem!

por | set 10, 2018 | Dicas de Fotografia, Fotografia, Fotografia de Paisagem

O vento em seus cabelos, uma câmera pendurada em seu ombro e uma ótima localização para explorar: nada melhor do que sair para fotografar paisagens ao ar livre. Com as condições certas para praticar Fotografia de Paisagem, uma sessão bem sucedida ao ar livre pode ser uma experiência muito estimulante e inesquecível! Mas para aproveitar bem o passeio você precisa aprender a trabalhar rápido e metodicamente para garantir ótimas fotos em cada saída fotográfica.

Fotos de Paisagens Luzes de Brasilia Charles Torres

Não importa onde você mora: raramente fica longe de ótimos locais para praticar Fotografia de Paisagem. E mesmo se você tiver que viajar, tudo faz parte da aventura. Quer você esteja fotografando em casa ou no exterior, a internet tornou a pesquisa por localizações mais fácil do que nunca, e o planeta certamente parece um lugar menor, com destinos que antes eram inacessíveis,cada vez mais ao nosso alcance.

O melhor da Fotografia de Paisagem é que não importa onde ou quando você está fotografando: todos os truques e técnicas são os mesmos. Aperfeiçoe sua técnica e você estará pronto para enfrentar o mundo e aproveitar a paisagem mais do que nunca. Quando David Hockney disse: “O prazer da Fotografia de Paisagem é a emoção”, ele foi certeiro. No momento em que você internalizar nossas dicas, a única coisa com a qual você terá que se preocupar é com o clima…

Ao longo dos últimos anos, fotografamos centenas de paisagens e Charles ficou especialmente conhecido pelas fotografias do seu projeto BH – Uma Foto por dia e O Casal da Foto tem sido uma excelente plataforma para compartilharmos nossos conhecimentos sobre Fotografia de Paisagem com outras pessoas.

Por isso, o objetivo deste artigo é fornecer algumas dicas essenciais sobre Fotografia de Paisagem para que você coloque em prática em sua próxima saída fotográfica. Esperamos ter abordado tópicos suficientes para que você aproveite em seu próximo ensaio.

Além disso, se você ainda não fotografou paisagens, você pode se inscrever em nosso Curso Completo de Fotografia – Caçadores de Imagens, pois temos um módulo inteiro sobre a profissão do fotógrafo e uma aula inteira dedicada à Fotografia de Paisagem.

Esteja consciente que como fotógrafo de paisagem, você terá que lidar com vários tipos de técnicas e, por isso, o domínio do equipamento é essencial. Se você deseja se destacar na área, uma formação completa em fotografia é indicada para que você tenha uma excelente desenvoltura fotográfica.

curso completo fotografia

Mas vamos direto ao assunto, pois a razão de você estar aqui é para receber ótimas dicas e truques de Fotografia de Paisagem!

Então, vamos lá!

DICA 01 – PLANEJAMENTO – APP PARA FOTOS DE PAISAGEM

Verificar a previsão do tempo antes de sair é importante – mas que tal descobrir exatamente que horas o sol vai nascer ou se pôr no local escolhido, ou exatamente em qual direção o sol vai subir ou descer em relação à posição que você deseja fotografar? A boa notícia é que você pode fazer tudo isso e muito mais com uma ferramenta super útil chamada The Photographer’s Ephemeris.

Este site ou aplicativo para iOS e Android usa o Google Maps para mostrar todas as informações necessárias ao se planejar uma Fotografia de Paisagem. A versão web / browser é gratuita, enquanto o aplicativo para smartphone custa cerca de £ 5 / US$ 5 e vale cada centavo.

DICA 02 – FOTOGRAFIA DE PAISAGEM COM LENTE GRANDE ANGULAR

A Fotografia de Paisagem é um assunto fotográfico que você pode usar uma ampla gama de lentes, desde lentes que ofereçam os ângulos mais amplos que você provavelmente imagina quando pensa em Fotografia de Paisagem até as teleobjetivas. Embora a localização e o assunto sempre ditem a melhor distância focal e a técnica a ser usada, todo fotógrafo de paisagem certamente precisa de uma lente super grande angular em sua mochila.

Para uma câmera APS-C, considere uma lente com alcance focal de 10-20mm; para câmeras full-frame, aproximadamente 15-30mm fornecerão um campo de visão amplo e dramático.

Não saia de casa sem uma!

Fotos de Paisagens Ipes Rosa em BH Charles Torres

Dicas sobre lentesas melhores lentes de grande angular para DSLRs Canon e Nikon

DICA 03 – SEJA ORGANIZADO

Pensando na caminhada que você fará por vários quilômetros para chegar até o local desejado para produzir suas Fotografias de Paisagem, é importante que você organize o seu material dentro de uma boa mochila. Faça um checklist e organize sua mochila com antecedência para não se esquecer de  nada e acabar com a sua saída fotográfica. Não se esqueça dos seus filtros, do cartão de memória vazio, do tripé, das baterias sobressalentes carregadas, dos acessórios de limpeza de lentes e, claro, de guarda-chuva, de protetor solar, de roupas e de sapatos para se adequar a todas as condições climáticas possíveis.

DICA 04 – APRECIE A NATUREZA NAS FOTOGRAFIAS DE PAISAGENS

Se existe algo muito especial na Fotografia de Paisagem, é poder sair pela natureza com o desafio de capturar um pouco da incrível beleza que você vê. Talvez isso se encaixe em nosso tipo de personalidade – mas nós adoramos a tranquilidade e a quietude de esperar o momento perfeito para fazer a fotografia, explorar uma área buscando o melhor ângulo para uma fotografia ou apreciar a luz e perceber como ela conseguiu mudar completamente o ambiente observado. O clique perfeito!

Fotos de Paisagens Natureza e Cachoeiras Charles Torres

DICA 05 – CONFIGURAÇÕES DA CÂMERA PARA FOTOGRAFIA DE PAISAGEM

As configurações da câmera paraque você consiga fazer uma excelente Fotografia de Paisagem são bem simples. Fotografe no modo prioridade de abertura para controlar a profundidade de campo enquanto a câmera ajusta a velocidade de obturador apropriada para o clique. Com a abertura definida para f/11, por exemplo, você vai conseguir uma grande profundidade de campo. Defina o ISO para 100 para obter a melhor qualidade de imagem. Com o modo de medição configurado para Matricial, a câmera irá ler a luz de todas as áreas da cena para calcular uma exposição correta. Se necessário, use a compensação de exposição para clarear ou escurecer a exposição, conforme necessário.

Com configurações como essas e se você utilizar algum filtro específico para Fotografia de Paisagem, há uma grande possibilidade da velocidade do obturador ficar lenta. Se você achar que ela está abaixo de 1/125s, coloque sua câmera em um tripé e use um controle remoto para disparar o obturador sem tocar na câmera. Essa combinação ajudará a evitar a trepidação da câmera – o que resulta em um tipo de desfoque nas fotos criado por pequenos movimentos da câmera ao fotografar em velocidades lentas do obturador.

DICA 06 – MELHORE SUA NITIDEZ AO FOTOGRAFAR PAISAGENS

A maximização da nitidez e profundidade de campo da imagem depende do uso de uma abertura pequena e da técnica de foco correta. Mesmo com uma abertura como f/11, se você focar na parte errada da cena, o primeiro plano ou o fundo ainda podem estar fora de foco, ou com pouco foco. Então procure focar em uma área intermediária usando entre f/11 e f/14, para garantir que tudo esteja bem focado e nítido.

Fotos de Paisagens Lagoa BH Charles Torres

DICA 07 – PARA QUE SERVE O FILTRO DE POLARIZAÇÃO EM FOTOS DE PAISAGENS

Os filtros de polarização são um dos acessórios mais versáteis no arsenal do fotógrafo de paisagem. Eles não apenas ajudam a destacar o céu azul, remover um certo brilho, reduzir reflexos e aumentar a saturação da cor, mas também podem ser usados como um filtro de densidade neutra.

DICA 08 – USE FILTRO ND EM FOTOS DE PAISAGENS

Os filtros de densidade neutra são projetados para reduzir a quantidade de luz que pode entrar na lente, o que significa que você pode usar velocidades mais lentas do que normalmente. Isso lhe permite fazer fotografias criativas da água e nuvens, por exemplo. Os NDs estão frequentemente disponíveis em densidades de bloqueio de luz de 1, 2, 3, 4, 6, 10 e até 15 f-stops.

Foto de Paisagem Lago da Pampulha Belo Horizonte Charles Torres

DICA 09 – CAPTURE DETALHES DO CÉU

Os filtros graduados de densidade neutra –também chamados de gradientes de ND – são filtros que permitem reduzir a quantidade de luz que entra no topo do quadro. Isso significa que você pode conseguir a tarefa complicada de capturar um céu claro, perfeitamente exposto e um primeiro plano escuro, tudo isso em um único disparo.

DICA 10 – CAPTURE A BLUE HOUR EM FOTOS DE PAISAGENS

O sol se pôs e está escurecendo, então é hora de ir para casa, certo? Absolutamente não é hora de ir para casa! O crepúsculo traz consigo uma série de oportunidades, mas uma que pode lhe interessar é conhecida como a “Blue Hour”. É um período de tempo (não necessariamente uma hora), depois do pôr-do-sol e do período conhecido como“Golden Hour”, onde o céu ainda poderá conter flashes de vermelho ou laranja e o chão será banhado de luz azul suave – esse lindo momento pode render resultados incríveis para as suas fotos.

Fotos de Paisagens Lua e Crepusculo em BH Charles Torres

DICA 11 – TRABALHE A DRAMATICIDADE EM SUA FOTOS

Um dia nublado pode não proporcionar um nascer ou pôr do sol colorido, mas pode lhe render bons resultados. Enquanto o céu não estiver totalmente cinza e as nuvens ainda estiverem presentes, você poderá produzir imagens incrivelmente dramáticas. E, claro, se o sol aparecer por um momento, vai ficar ainda mais incrível.

DICA 12 – EQUILÍBRIO VISUAL

Juntamente com uma ótima luminosidade, condições climáticas adequadas e uma exposição perfeita, a composição é um dos aspectos mais importantes da Fotografia de Paisagem. Composição é um termo usado para descrever como os elementos da cena são organizados dentro do quadro da imagem. Há vários truques ou técnicas que você pode usar para dar equilíbrio visual às suas fotos e atrair ainda mais o espectador para elas.

A Regra dos Terços é a técnica mais básica de composição e também a mais confiável. Ela pode ser usada em conjunto com os outros truques que veremos, então considere que ela seja a base de suas fotos de paisagem. Seguindo esta regra, suas fotografias de paisagens terão um verdadeiro equilíbrio visual que será muito agradável aos olhos.

Para aplicar a Regra dos Terços, você deve imaginar que o quadro da imagem é dividido em nove seções iguais usando duas linhas horizontais e duas linhas verticais. 

Foto de Paisagem Regra Tercos Belo Horizonte Charles Torres

A ideia é que você posicione o ponto focal principal da imagem em um dos quatro pontos em que essas linhas se cruzam. Quando você está usando o motivo principal em primeiro plano, posicionar essa área, bem como o ponto focal de acordo com a regra dos Terços, resultará em uma imagem muito mais agradável. Da mesma forma, a linha do horizonte pode ser posicionada na linha horizontal superior ou inferior ao fotografar no formato retrato e paisagem.

Algumas câmeras oferecem uma grade de Regra de Terços no visor, ou na tela LCD quando você fotografa usando o Live View, então se você acha difícil imaginar uma grade, esta é uma ótima maneira de realmente vê-la. A configuração do visor provavelmente será encontrada no menu de funções personalizadas da sua câmera. Utilizando o Live View, o botão Display irá mostrar os modos de exibição disponíveis.

Fotos de Paisagens Sol e Estrada Charles Torres

DICA 13 – EM FOTOS DE PAISAGENS, PREOCUPE-SE COM O TODO

A ênfase e o ritmo sãopoderososelementos da composição que tem a capacidade de fazer com que as áreas de fundo e de primeiro plano das imagens trabalhem em perfeita harmonia. Ao posicionar um objeto, uma rocha, um poça d’água ou qualquer coisa que se relacione com a cena como um todo, você cria um trampolim visual – um ponto de partida para o olho do espectador entrar na imagem. 

Mas atenção, não inclua um objeto aleatório em sua fotografia por causa disso. O elemento precisa ter relevância para a cena e, em última análise, complementá-la. E ao compor o objeto usando a Regra dos Terços, você manterá o equilíbrio e a harmonia visual.

DICA 14 – DIRECIONE O OLHAR DO ESPECTADOR

Se você deseja criar imagens de paisagem que sejam dinâmicas, que atraiam o espectador para dentro e através de suas imagens, as linhas são um incrível elemento de composição a ser empregado.

Você precisará de um elemento linear forte na cena, como uma parede, uma estrada, pedras ou uma ponte. Ao posicionar este elemento de forma que ele comece no terço inferior do quadro, você pode compor a fotografia de modo que as linhas apontem para o motivo principal da imagem.

DICA 15 – QUEBRE REGRAS COM CONSCIÊNCIA

Analisamos algumas das regras e elementos que podem ser usados ​​para tornar as fotografias de paisagem mais bonitas. Mas as regras TAMBÉM são feitas para serem quebradas, não é mesmo?

Uma vez que você aprende a usar a Regra dos Terços, ela geralmente se torna intuitiva, natural para você, mas há momentos em que ignorá-la completamente, compor com o assunto principal ou colocar a linha do horizonte no centro do quadro pode produzir uma imagem muito mais atraente.

Você descobrirá que os melhores motivos fotográficos para se trabalhar com um enquadramento centralizado são aqueles em que há um elemento óbvio de simetria natural, como um píer, campos de lavanda ou árvores solitárias.

DICA 16 – DESCUBRA O MINIMALISMO NAS FOTOGRAFIAS DE PAISAGEM

Paisagens simples podem parecer incríveis. Elas podem ser tão convincentes quanto uma cena clássica de paisagem repleta de detalhes e luz. Na fotografia e na arte há uma ideia de composição chamada “A Regra dos Três”: a premissa por trás disso é simplesmente que três objetos são visualmente mais agradáveis ​​do que dois ou quatro.

Então, quando você está fotografando paisagens minimalistas, se você não tem uma árvore solitária ou um único guarda-sol em uma praia, tente encontrar três. Experimente – temos certeza de que você vai concordar que aRegra dos Três realmente é uma fórmula vencedora.

Fotos de Paisagens Por do Sol Montanhas em BH Charles Torres

DICA 17 – BRINQUE COM BORRÕES E CURTA PROFUNDIDADE DE CAMPO

A Fotografia de Paisagem normalmente é composta por fotografias totalmente nítidas, sem desfoques. Mas você pode ousar e trabalhar com velocidades mais baixas do que o usual ou com curta profundidade de campo. Você pode optar por desfocar o fundo para destacar e dar ênfase à uma bela árvore frondosa. Quando o desfoque de movimento é incluído, muitas vezes é para desfocar os elementos em movimento, como a água, por exemplo. 

DICA 18 – FAÇA FOTOS PANORÂMICAS DE PAISAGENS

Para a produção de uma fotografia panorâmica de paisagens você deve mover a câmera horizontalmente ou verticalmente durante a exposição. Uma panorâmica vertical funciona melhor para as árvores. Para fotos costeiras, experimente uma panorâmica horizontal.

Fotos de Paisagens Chuva Raios no Centro Afonso Pena BH Charles Torres

DICA 19 – FAÇA ZOOMING

Zooming é quando você aumenta o zoom da lente no objeto que você está fotografando. Você então começa suavemente a diminuir o zoom enquanto libera o obturador. Experimente a velocidade do zoom para obter os melhores resultados.

Aprenda mais sobre zooming e panning aqui.

DICA 20 – EFEITO ESTRELA

Quando você fotografa ao amanhecer ou ao entardecer, o sol fica extremamente claro quando está logo acima do horizonte. A luz ainda será suave e colorida, mas o sol brilhante pode dificultar o clique. Uma maneira de superar o problema e aplicar um efeito impressionante é criar o Efeito Estrela. Para fazer isso, posicione-se de modo que o sol fique parcialmente obscurecido por algo, ou fotografe quando o sol estiver apenas espiando pela linha do horizonte. Agora, com a abertura ajustada para f/16 ou f/22, a luz brilhante será capturada como uma estrela. Simples assim – E olha, não são necessários filtros.

Fotos de Paisagens Praca Sete noite em BH Longa Exposicao Charles Torres

DICA 21 – BUSQUE POR SIMETRIA

Os reflexos podem ser um elemento extremamente criativo, interessante e instigante para todos os tipos de fotografia, mas para a Fotografia de Paisagem eles podem enriquecer ainda mais o clique e lhe fornecer uma simetria perfeita. Para esse tipo de clique, posicione-se na margem mais distante de um lago ou coloque a linha do horizonte no centro do quadro para dividir a cena e o reflexo em duas partes iguais. Pronto, você já terá uma fotografia diferenciada!

DICA 22 – FOTOGRAFE A NÉVOA

Acordar para fotografar a névoa não é algo inspirador à priori ou não parece ser o melhor momento parasair para fotografar, mas a aparência misteriosa e dramática que a paisagem ganha durante uma névoa é uma excelente oportunidade para se produzir fotografias incríveis e temos certeza que você não vai querer perdê-la. A melhor névoa para os fotógrafos é aquela névoa que se forma durante as noites claras e sem vento, quando o solo perde calor após um dia muito quente. Esse tipo de névoa geralmente fica próxima ao solo, formando uma fina camada branca.

Atenção! Pode ser necessário usar a compensação de exposição para evitar a subexposição. Você deve tentar se posicionar de forma que o sol esteja à sua frente para obter resultados mais dramáticos.

DICA 23 – EXPLORE DETALHES ABSTRATOS

Só porque o clima não está do jeito que você esperava para fotografar, não significa que você tem que arrumar todo o seu kit de fotografia e ir para casa: há muitas outras oportunidades de fotografia para explorar no local escolhido. Por exemplo, por que não explorar o local e procurar detalhes interessantes, como padrões em rochas ou reflexos em poças de água?

Fotos de Paisagens Charles Torres

Você pode usar a sua lente de kit ou até mesmo o seu celular. Não se esqueça de experimentar com os filtros também. Não se esqueça que os filtros de polarização podem reduzir o brilho e saturar as cores da sua fotografia, enquanto os filtros ND permitem que você fotografe com velocidades mais lentas, você pode até tentar borrar a água para obter um efeito diferenciado em suas fotografias de paisagem.

DICA 24 – PROCURE NOVOS PONTOS DE VISTA

Chegar ao local escolhido e já ir configurando sua câmera e tripé para capturar o que está na altura dos seus olhos pode não ser uma boa ideia, pois normalmente você terá resultados fotográficos bem comuns e nada inovadores, já que já foram muito utilizado pelos fotógrafos. Portanto, não deixe de explorar ao máximo as possibilidades do local escolhido para fotografar paisagens – e se isso significa deitar no chão para fotografar as árvores e o céu, vá em frente! Diferencie-se!

DICA 25 – TRABALHE COM LONGA PROFUNDIDADE DE CAMPO

Embora, em muitos momentos, você vai querer produzir fotografias um pouco mais criativas e experimentar a curta profundidade de campo em sua Fotografia de Paisagem – o mais comum nesse estilo fotográfico é garantir que o máximo possível de sua cena esteja em foco. A maneira mais simples de fazer isso é escolhendo uma abertura bem pequena (um número grande), pois quanto menor for a abertura, maior será a profundidade de campo das suas fotos.

Tenha em mente que aberturas menores significam que menos luz está atingindo o sensor da sua câmera, o que significa que você vai precisar compensar a sua exposição aumentando seu ISO ou diminuindo a velocidade do obturador (ou ambos).

DICA 26 – LEVE UM TRIPÉ PARA SUAS FOTOS DE PAISAGENS

Como resultado da utilização de uma baixa velocidade do obturador para compensar uma pequena abertura, você precisará encontrar uma maneira de garantir que sua câmera fique completamente parada durante a exposição. Na verdade, mesmo que você consiga fotografar com uma velocidade de obturador bem rápida, a utilização de um tripé pode ser benéfica para você. Considere também a utilização de um controle remoto para controlar a velocidade ou através da wi-fi (se o seu equipamento possuir o recurso), o que pode ser muito útil para a sua prática fotográfica.

DICA 27 – TRABALHE COM BONS ELEMENTOS

Trabalhe com bons elementos em todos os planos da sua fotografia, assim você dá ritmo para a sua imagem. Se suas Fotografias de Paisagem não parecerem vazias, deixarão os espectadores mais curiosos e mais observadores, sempre encontrando novos elementos em todos os cantos do frame.

Você pode fazer isso usando um edifício ou uma estrutura diferenciados, uma árvore impressionante, uma rocha ou uma formação rochosa, uma silhueta, etc.

Não pense apenas no que serão esses elementos, mas onde você vai coloca-los. A Regra dos Terços pode ser útil aqui.

DICA 28 – PENSE NOS PLANOS

Algo que pode melhorar suas Fotografias de Paisagens é pensar cuidadosamente sobre o plano positivo e negativo de suas imagens. Quando você faz isso, você oferece para seus espectadores um caminho para visualizarem e apreciarem sua imagem, além de criar uma sensação de profundidade em sua fotografia.

DICA 29 – EXPLORE O CÉU

Outro elemento que não pode ser deixado de lado em sua Fotografia de Paisagem é o céu.

Se você tem um céu sem graça e chato – não deixe que ele preencha toda a sua fotografia, coloque o horizonte no terço superior da sua fotografia (mas você precisa ter certeza de que seu primeiro plano é interessante). 

No entanto, se o seu céu estiver cheio de drama, de formações interessantes e cores de nuvens instigantes – deixe-o brilhar colocando o horizonte mais abaixo.

Considere destacar os céus na pós-produção ou com o uso de filtros (por exemplo, um filtro polarizador pode adicionar cor e contraste).

DICA 30 – EXPLORE AS LINHAS

Uma das perguntas a fazer a si mesmo ao fotografar paisagens é “como estou chamando a atenção de quem vê essa foto”? Há várias maneiras de fazer isso (a Regra dos Terços é uma delas), mas uma das melhores maneiras de produzir uma fotografia é fornecer aos espectadores, linhas que os conduzam pelaimagem.As linhas fornecem profundidade, ritmo e podem criar padrões em sua foto.

DICA 31 – FOTOGRAFE O MOVIMENTO EM SUAS PAISAGENS

Quando a maioria das pessoas pensa em paisagens, elas pensam em ambientes calmos, serenos e passivos – no entanto, as paisagens raramente ficam completamente paradas e transmitir esse movimento em uma imagem adicionará drama, ritmo e tornará sua fotografia mais interessante.

Exemplos – vento nas árvores, ondas na praia, água fluindo sobre uma cachoeira, pássaros voando sobre a cabeça do fotografado, nuvens em movimento.

Fotos de Paisagens Longa Exposicao Luzes Tokio Japao Charles Torres

Para capturar esses movimentos, normalmente você vai precisar utilizar uma velocidade de obturador mais lenta (às vezes, alguns segundos). É claro que isso significa mais luz acessando o sensor, o que significa que você vai precisarutilizar uma abertura pequena, usar algum tipo de filtro ou até mesmo fotografar no início ou no final do dia, quando há menos luz.

DICA 32 – APROVEITE O CLIMA

Dependendo do clima, uma cena pode mudar drasticamente. Sendo assim, escolher o momento certo para fotografar é de real importância.

Muitos fotógrafos iniciantes veem um dia ensolarado e acham que é o melhor momento para sair com a câmera – no entanto, um dia nublado que está ameaçando chover pode lhe oferecer uma oportunidade muito melhor de criar uma imagem com dramaticidade e tons sinistros. Procure por tempestades, vento, neblina, nuvens dramáticas, sol brilhando através do céu escuro, arco-íris, pôr-do-sol e nascer do sol, etc. Trabalhe com essas variações de clima, em vez de apenas aguardar o próximo dia ensolarado com céu azul.

Fotos de Paisagens Raios a Noite em Belo Horizonte por Charles Torres

DICA 33 – PREOCUPE-SE COM AS LINHAS DO HORIZONTE

É uma dica antiga, mas boa – antes de tirar uma foto de paisagem, considere sempre o horizonte.

Não entorte o horizonte sem razão. Você sempre pode alinhar a imagem mais tarde na pós-produção, mas é mais fácil se você acertar no momento do clique.

Utilize as linhas horizontais da Regra dos Terços para alinhar seu horizonte. É claro que as regras devem ser quebradas – mas achamos que, a menos que seja uma imagem muito marcante, a Regra dos Terços geralmente funciona aqui.

DICA 34 – MUDE O SEU PONTO DE VISTA

Você dirige até o mirante panorâmico, sai do carro, pega sua câmera, liga, anda até a barreira, ergue a câmera na altura dos olhos, gira para a esquerda e um pouco para a direita e tira a foto e já vai voltando para o carro para ir ao próximo mirante panorâmico.

Todos nós já fizemos isso – no entanto, esse processo geralmente não resulta em fotografias que tiraram um ‘uau’ dos espectadores e que muitos de nós estamos procurando.

Dedique mais tempo na produção de suas fotos – principalmente em encontrar um ponto de vista mais interessante para produzir suas fotos. Isso pode começar na tentativa de encontrar um ponto diferente para fotografar ao invés de sempre fazer fotos em um mirante panorâmico (percorrer caminhos, procurar novos ângulos, etc).

Explore o ambiente e experimente diferentes pontos de vista e você poderá encontrar algo verdadeiramente único.

Fotos de Paisagens Palmeiras Praca da Liberdade em BH Charles Torres

DICA 35 – FORMAÇÃO TÉCNICA E ARTÍSTICA

Caso você não esteja contente com as suas fotografias de paisagem, considere buscar uma formação completa em fotografia, dessa forma você terá maior domínio técnico e artístico, o que lhe dará maior desenvoltura em seus cliques. Nós desenvolvemos um curso online que pode lhe ajudar, conheça nosso Curso Completo de Fotografia • Caçadores de Imagens. Comece a estudar agora mesmo!

DICA 36 – CONCLUSÕES 

A prática leva à perfeição, portanto esteja preparado para trabalhar duro e aprimorar suas habilidades com a câmera. 

Fotos de Paisagens Luzes Cidade em BH Charles Torres

Gostou do nosso artigo sobre Fotografia de Paisagem? Deixe um comentário, vamos adorar ler!

Esperamos que nossas dicas possam lhe auxiliar em sua próxima saída fotográfica.

Por favor, se você acha que esquecemos de alguma dica importante, compartilhe com a gente na seção de comentários abaixo. Vamos adorar incluí-la em nossa lista!

Compartilhe com a gente suas Fotografias de Paisagem, participe do nosso grupo no Facebook: Comunidade • O Casal da Foto. Você já fez uma bela Fotografia de Paisagem? Mostre para nós!

Um beijo do casal e até logo!

9 Comentários

  1. Viviane

    Amei as dicas, vou tentar colocar tudo em prática logo!! Quase morri com a beleza das fotos nesse artigo!!! Coisa mais linda essas paisagens!!! Obrigada Lígia e Charles por compartilhar conosco todo esse conhecimento que vocês tem!!

    Responder
    • O Casal da Foto

      Olá Viviane!

      Muito obrigado pelos elogios!
      O importante é praticar bastante, queremos ver suas fotos no grupo do Casal da Foto hein!

      Um grande abraço! 🙂

      Responder
  2. JOSE M R FREIRE

    Adorei as dicas, adorei a forma como colocaram, ensinando tanto sobre percepção pessoal quanto técnicas para manusear a máquina. O texto está super-legal.
    Obrigado,
    JMarcelo

    Responder
    • O Casal da Foto

      Olá José!!! Tudo bem?

      Muito obrigado pelos elogios!
      Esperamos poder lhe ajudar na sua jornada pela fotografia.

      Abraços! 🙂

      Responder
  3. João Miguel Aguiar

    Dicas extremamente úteis, belas fotos.

    Responder
    • O Casal da Foto

      Olá João! Obrigado pelos elogios!

      Aparece mais por aqui!

      Um grande abraço! 🙂

      Responder
  4. FRANCISCO COSTA

    Dicas de grande utilidade,extremamente úteis, vou praticar mais, muito obrigado.

    Responder
    • O Casal da Foto

      Olá Francisco!

      Ficamos muito felizes com os elogios!

      Um grande abraço! 🙂

      Responder
  5. Cleuza

    Como eu aprendi!!! Linguagem super acessível. Sou leiga e aprendi muito. Estou muito contente em participar dessa semana com vocês. Muito obrigada!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • 36 dicas para Fotografia de Paisagem!
    2018-09-11
  • ensaio fotografico familia capa
    36 dicas para Ensaio Fotográfico de Família!
    2018-07-27
  • Capa Melhores Fotos Ensaio Fotografia Newborn
    Fotografia Newborn - 48 Dicas para um Ensaio Inesquecível
    2018-07-27
  • 102 dicas de fotografia de casamento
    As Melhores Fotografias de Casamento - 102 Dicas Para um Casamento Incrível!
    2018-07-23
  • Panning: Como fazer fotografia em movimento
    2018-05-25
  • A Metodologia dos Caçadores de Imagens
    2018-03-22
  • Como estudar fotografia?
    2018-03-17
  • Fotografia: como começar?
    2018-03-15
  • 54 Motivos para ser um fotógrafo!
    2018-03-10
  • Como não enlouquecer com TANTOS arquivos fotográficos!?!?!?
    2018-02-15
  • Carnaval para Fotógrafos!
    2018-02-12
  • Brownie: a primeira câmera para crianças
    2018-01-14

O Casal

O Casal

Ela é de Brasília. Ele, de Belo Horizonte. Ela tem formação artística baseada em pintura e literatura. Ele já foi criado na música e no cinema. Ela gosta de MPB. Ele gosta de Jazz. Mas foi na fotografia que ambos se encontraram.

Especialistas em docência fotográfica, colecionam 14 anos de experiência em ensino artístico. Juntos são O Casal da Foto, uma dupla inseparável, ávidos por ensinar tudo o que aprenderam ao longo de suas carreiras e transformar a forma de se lecionar e aprender fotografia.

Dicas de Fotografia no Youtube

2ª SEMANA DA FOTOGRAFIA CRIATIVA!

Conheça as técnicas criativas usadas por mais de 2500 fotógrafos! Cadastre e Participe!

You have Successfully Subscribed!