A regra Sunny 16 ou como expor sem medidor – Guia de fotografia de Filme para Iniciantes

por | | , ,

O objetivo do nosso GUIA PARA INICIANTES EM FOTOGRAFIA DE FILME é ajudar a espalhar as alegrias da fotografia analógica. E embora tentemos não nos envolver muito em detalhes, existe uma espécie de regra originária da era analógica que achamos que todo fotógrafo analógico (e digital) deveria saber: A “Regra Sunny 16”.

Neste artigo você vai aprender:

O que é sunny 16 e por que é importante para a fotografia de filme?

Sunny 16 é uma maneira fácil de definir a exposição de sua câmera se você não tiver um fotômetro funcionando ou se suspeitar que o fotômetro de sua câmera pode estar lendo a cena de maneira inadequada.

Os medidores de luz em câmeras de filme são geralmente muito menos sofisticados do que os das câmeras digitais de hoje e são mais fáceis de se enganar.

A Regra Sunny 16 fornece uma verificação rápida da realidade nas leituras do seu medidor, bem como um ponto de partida para definir a exposição sem a ajuda de um medidor.

Como funciona a regra sunny 16

Condições de iluminaçãoAbertura correta ao fotografar com filme ISO 100 em 1/100
Neve ou areiaF22
Dia ensolarado (sunny)F16
Um pouco nubladoF11
Nuvens de tempestadeF8
NubladoF5.6
Pôr do solF4

É simples: Sunny 16 diz que em um dia ensolarado, você deve definir a abertura para F16 e a velocidade do obturador fica igual a ASA do filme, ou o mais próximo possível disso.

Portanto, se você estiver fotografando com ASA 100, defina F16 e 1/90 ou 1/125 seg. Rodando filme de ASA 400? Experimente F16 e 1/500 seg. Sua exposição pode não ser perfeita, mas será perto o suficiente para conseguir uma foto utilizável.

A Regra Sunny 16 é um ponto de partida para definir a exposição sem a ajuda do nosso medidor.

E se o sol não estiver alto? Se estiver um pouco nublado, use F11; nublado, use F8; nuvens de tempestade, F5.6; pôr do sol, tente F4. Para cenas muito claras (como neve), siga o caminho oposto e use F22. Não consegue se lembrar de tudo isso? Não se preocupe, você pode comprar adesivos e camisetas para lembrá-lo.

regra sunny 16 capa

Se você entender os fundamentos da exposição, poderá encontrar exposições comparáveis ​​que funcionarão. Digamos que seja um dia ensolarado e você esteja fotografando com um filme de ASA 100. A Regra Sunny 16 diz para você atirar em F16 a 1/125 seg. Mas e se você quiser uma profundidade de campo mais rasa do que a fornecida por F16? Não há problema – você pode abrir sua lente em três pontos até F5.6 e compensar com uma velocidade de obturação mais rápida de três pontos de 1/1000 seg.

Eu tenho um fotômetro, preciso da sunny 16?

O propósito de ter um fotômetro é para que você possa obter uma exposição mais precisa, mas os medidores em câmeras de filme mais antigas podem cometer erros. Os medidores são calibrados para o que é conhecido como cinza médio, e para a maioria das cenas, que têm uma mistura de áreas claras e escuras, isso é perto o suficiente. Mas se você estiver fazendo uma fotografia de algo excepcionalmente claro ou escuro, como uma paisagem com neve ou alguém vestindo roupas escuras, seu medidor pode não fornecer as informações corretas de exposição.

Aqui, o Sunny 16 pode funcionar como um controle de erros de medição. Digamos que seja um bom dia de sol e você esteja fotografando um carro preto com filme ISO 200. Você define a velocidade do obturador para 1/250 e o medidor diz para definir F8. O medidor ‘vê’ aquele carro escuro e o interpreta como cinza médio, então recomendará uma abertura maior que vai superexpor sua foto. A recomendação do medidor está a dois pontos do que o Sunny 16 diz, e isso é um bom indicador de que seu medidor está errado.

Por que os medidores de câmeras de filme são tão fáceis de se enganar?

Hoje, a maioria das câmeras digitais usa medidores sofisticados de vários segmentos que dividem a cena em pequenas partes e examinam cada uma. Algumas câmeras possuem um banco de dados embutido de amostras de exposições que podem ajudá-las a determinar o conteúdo de sua cena e medir adequadamente. Câmeras sem espelho medem a exposição a partir do mesmo sensor de imagem que captura a imagem (e você pode visualizar a exposição com precisão no visor).

Os medidores de câmeras de filme estão longe de ser tão inteligentes. Alguns modelos mais recentes de câmeras de filme têm medidores de matriz de várias zonas, mas, elas tendem a ter relativamente poucos segmentos.

A maioria das câmeras de filme das décadas de 1960, 70 e 80 tem um medidor central ponderado. Esses medidores fazem a média de toda a cena e dão mais importância (‘peso’) ao que está no meio, já que é assim que a maioria das pessoas enquadra seus temas. Alguns medidores ponderados ao centro dão menos peso à seção superior da foto, que é onde geralmente fica o céu. Apenas virar a câmera de lado pode ser o suficiente para confundir o medidor. Algumas câmeras mais antigas têm um medidor de ponto, que mede apenas o que está no meio do quadro. Enquadrar o assunto fora do centro é o suficiente para ter uma medição incorreta.

Como você sabe como sua câmera mede? O manual da sua câmera deve ter uma ilustração mostrando o padrão do medidor. Câmeras de filme mais sofisticadas permitirão que você alterne entre os modos de matriz, central e pontual, mas ainda assim podem ser enganadas.

FOTÔMETRO OU REGRA SUNNY 16?

A Regra Sunny 16 é bastante precisa, a ponto de algumas câmeras muito simples exibirem um sol e nuvens em vez de números F-stop. Se a sua câmera estiver a cerca de um ponto da Regra Sunny 16, a exposição geralmente será próxima; na dúvida, subexponha um pouco.

Se o seu medidor estiver muito longe do Sunny 16, você pode querer evitar perder a foto fazendo três fotos – uma foto feita na exposição indicada pelo fotômetro, uma usando a Regra Sunny 16 e a outra bem no meio. Certifique-se de anotar suas exposições e depois verificar o resultado final para ver qual foi o mais correto. Em breve você aprenderá quais situações podem enganar seu medidor e quando ele pode ser confiável – e você também aprenderá quando a Regra Sunny 16 por si só é boa o suficiente.

Então, fique de olho em nossos próximos artigos, nos acompanhe em nosso grupo do Telegram e em nosso Instagram @ocasaldafoto.

Aproveite os estudos e assista o nosso vídeo Fotografia Analógica – Começando a Fotografar com Câmeras Analógicas onde vamos falar um pouco mais sobre o assunto!

Qualquer dúvida, já sabe, é só deixar um comentário aqui embaixo e teremos o maior prazer em te responder em breve.

Um abraço e até o próximo artigo!

Deixe um comentário